segunda-feira, 18 de maio de 2009

2º Encontro Nacional de Ilustração no Masculino




Como se não chegassem as 800 milhas (cerca de 1287 quilómetros) percorridos neste últimos dias em terras de William Wallace, Robert de Bruce e da banda Snow Patrol (e em contramão, já que lá se conduz à esquerda), assim que pisei terras lusitanas tive logo de me fazer à estrada para participar no 2º Encontro Nacional de Ilustração no Masculino, em São João da Madeira (aproximadamente a 300 quilómetros de Lisboa). Mas a viagem valeu bem o esforço, já que foram 3 dias fabulosos onde tive a honra de conhecer muitos ilustres ilustradores cujo trabalho sempre admirei. Durante este período aconteceram inúmeras palestras, foram realizadas pelos ilustradores várias oficinas/workshops em escolas e para o público em geral, e foram lançados diversos livros. Dos laços que se criaram entre os ilustradores, surgiram imensas tertúlias onde se trocaram experiências, saberes e técnicas. Não podia ter sido melhor.

Tivemos a oportunidade de visitar algumas das várias fábricas de renome que povoam a região, das quais destaco a nossa querida Viarco, (uma viagem inesquecível no tempo); a Cartonagem Trindade, (uma verdadeira surpresa... uma empresa ultramoderna e dinâmica, extremamente conhecida internacionalmente, à qual muitas das marcas topo-de-gama que conhecemos recorrem para a execução das embalagens que emolduram os seus produtos) e a Fepsa (uma fábrica de feltros para a indústria de chapelaria, de onde saem os chapéus, - entre outros - para a Royal Canadian Mounted Police, para a comunidade Amish e para grande parte dos chapéus que povoam as cabeças texanas).

Um grande agradecimento a todos quantos se dedicaram de corpo e alma à realização deste evento, ao Sr. Carlos Manuel da Silva Coelho, Presidente da Junta de Freguesia, e à Sylviane Rigolet, Comissária do evento. Uma palavra de apreço para a Ana Lúcia, que foi incansável na coordenação de uma míriade de detalhes que um evento desta envergadura envolve.

Quero ainda agradecer a todos aqueles que me solicitaram a realização de um Workshop. De facto, o receio de não conseguir ter tempo para me preparar levou-me e recusar o convite para realizar workshops e palestras - uma decisão de, confesso, que me arrependi bastante. Foi pois com grande surpresa e comoção que assisti a um movimento espontâneo de um grupo de pessoas que manifestou o seu interesse em participar num workshop realizado por mim. E foi espontaneamente que acabaria por fazê-lo... em 3 horas tivemos a oportunidade de abordar um manancial de assuntos de interesse para todos os participantes (a maioria eram professores), e pude ainda realizar uma ilustração onde expliquei muitas das minhas técnicas. Um muito obrigado por este momento. Espero que tenham gostado.

Paulo Galindro

7 comentários:

Qual Albatroz disse...

Realmente foi uma excelente Experiência. Onde conhecemos outros Ilustradores com os quais temos muito que aprender.
Também eu mando um Obrigado do tamanho da Lua para S. João e todas as pessoas envolvidas.

Marc

Pintarriscos disse...

Olá, grande Marc. Fiquei muito feliz pela tua visita a esta minha humilde cada feita de 0´s e 1´s. No meio de tantos ilustradores, é óbvio que nos sentimos mais identificados com uns do que com outros. E no teu caso, foste daqueles que te destacaste de uma forma que, para todos aqueles que tiveram o privilégio de te ver / ouvir, deixou marcas. Gosto muito de pessoas que amam aquilo qie fazem, e o brilho que vimos nos teus olhos quando falaste dos teus projectos não engana ninguém. por detrás da tua aparência de alemão gigante com chapéus exuberantes (olha quem fala!) e barbas de cavaleiro teutónico reformado e a viver no campo está uma criança cuja alegria de viver contagia o mundo que a rodeia.
Vai ser uma honra para mim fazer surf contigo. Tenho a certeza que me vais ajudar a evoluir neste lindíssimo desporto.

Abração.

Paulo Galindro

geometricasnet disse...

Foram fabulosos os três dias, para mim também, que não sou ilustrador. Sou apenas um professoreco.

Qual Albatroz disse...

Ora Tiago, parece mesmo que um professor é alguém banal. Sois vós que dão ferramentas machados e corágem às novas gerações. Sois vós que em contacto directo servem de modelo aos pequenos. (Infelizmente por vezes mais que os pais.) Eu concorri a cargo de Prof, mas não passei.

Paulo. Estive a pensar no Carl Sagan e no Dalai Lama e não sei se eles os dois iriam concordar em todos os aspectos. Mas creio que se iriam respeitar mútuamente. E isso já é um bom ponto de partida para uma bela amizade na parede do teu quarto.

Mais perto do próximo fim de Semana escrevo-te para combinarmos o nosso encontro com as ondas. Abraço.

Anabela Dias disse...

A mim só me faltou mesmo ilustrar "A mulher mais bela do mundo" e...... ser homem porque de resto senti-me como um de vocês... Gostei muito e espero encontrar-vos por aí brevemente...
Anabela

Pintarriscos disse...

Olá Tiago! Desculpa mas vou ter de discordar contigo, especialmente no que se refere à palavra "professoreco". És um professor, e essa é uma das profissões mais espectaculares e cativante d mundo... e não é para todos! É certo que no nosso país nunca foram lá muito bem tratados, mas isso ainda aumenta mais a minha admiração por tão nobre profissão. Quanto a maus profissionais, há em todas as profissões. Acontece que quando tal se verifica nessa profissão, a coisa assume consequência mais graves.

Abraço

Pintarriscos disse...

Tenho a mais convicta certeza de que Cal Sagan e Dalai seriam muito bons amigos. Experimenta ler os diálogos entre o Dalai Lama e ilustres cientistas (há muitos publicados em livro) e vais ficar impressionado com os pontos em comum. Os budistas e o Hinduísmo andam a dizer coisas há milhares de anos que só agora a ciência está a chegar. E este paralelismo é aceite pelos cientistas.

Quanto ao surf, já sinto no horizonte alguma ondas com o meu nome inscrito. Vais ter de ter um pouco de paciência pois não sou tão avançado como tu... na verdade sou pouco mais ágil que um parafuso enferrujado e menos do que abre-latas em segunda mão, para além de tudo aquilo de que te falei, mas como se costuma dizer... "O caminho faz-se ao andar!"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...