sexta-feira, 24 de julho de 2009

Biblioteca Municipal de Carnaxide: Passo-a-Passo 13





Dia#5

"No início tudo era imperfeito,
escuro,
sem cor,
triste
e monótono.

No primeiro momento,
Aquele-que-pinta-e-que-tem-a-cabeça-lisa-como-uma-maçã
corrigiu os erros,
tapou as imperfeições,
alisou o que não era liso.

No segundo dia,
tudo pintou de branco,
e tudo se iluminou.

No terceiro dia,
tudo pintou de azul,
e todos os elementos se harmonizaram.

Ao quinto dia
Ele pintou as nuvens
estratiformes, cumuliformes, cirriformes
todas as formas serviram
para Ele tornar o céu mais belo.
Nesse dia Ele sentou-se,
descansou
e contemplou o que tinha feito.

No sexto dia,
Ele regozijou-se com a sua obra.
Mas ainda não tinha acabado..."

Excerto do capítulo "As crónicas do início de tudo"
do "Enciclopédia Cósmica da Grande obra d´Aquele-que-tudo-pinta-e-que-tem-a-cabeça-lisa-como-uma-maçã"
Tomo VII, página 13734


Quando nos sentimos em baixo nada como sair e pintar um céu cheio de nuvens. Foi o que eu fiz ontem.
O passo seguinte será oferecer vida a este novo mundo.
Algures no horizonte longínquo, flutuaram os sons etéreos e atmosféricos de Hammock, com os álbuns "Kenotic" e "Raising Your Voice Trying to Stop an Echo", banda sonora perfeita para um momento mágico em que, a brincar aos deuses, e criamos um céu infinito.

Paulo Galindro

9 comentários:

An disse...

Vejo que pintas já directamente, tens valor, eu farei primeiro um dibujo na parede e logo pintá-lo-ei...que se não sair-me-á uma trapallada. Cumprimentos e apertas, vai apanhando forma a coisa, boa forma

Margarida disse...

Gostava muito de saber pintar assim. Para´béns!

Natalina Cóias disse...

e...no 7º dia, o grande mestre percebeu que tudo era possível...e coloriu o resto do mundo!
és um corajoso! desculpa não ír contigo ajudar-te!vai ficar um espanto, meu lindo!

Geraldine disse...

Qué transformación!!! Quiero ver hasta el final!! Bonito blog!
Geraldine

Pintarriscos disse...

Olá An. Fico muito feliz por te terese tornado uma habitué do meu blogue. Será sempre bem vinda! Quanto à tua observação, lamento informar-te mas quando pinto uma parede, paço-o sobre um desenho que previamente fiz a uma escala menor, num bloco de desenho. Este desenho é ampliado e transposto para a parede. Mas para melhor ficares informada, tudo o que terás de fazer é continuar a seguir o meu processo, pois ireo mostrá-lo totalmente.

Paulo Galindro

Pintarriscos disse...

Quem me dera conseguir colorir o resto do mundo, meu amor. Parece-me que consigo fazê-lo muito bem quando se trata apenas de uma parede... mas á escala da minha vida, e pior, do mundo inteiro, as minhas capacidades de colorir deixam muito a desejar. A essa escla parece que a minha paleta se resume a branco, preto e um ou dois tons de cinza.
Obrigado pela visita, querida Natalina.

Pintarriscos disse...

Olá Margarida! Obrigado pela visita! Desenhar e pintar são duas coisas que qualquer ser humano - como um pouco de paciência, coragem e vontade de experimentar - consegue fazer, e muito bem! Estas são duas das actividades mais primordiais da nossa espécie... simplesmente está nos nosso genes.

Anis disse...

Adorei a sequência de fotos! E aquele salto radical fez-te mesmo bem, vê-se que estiveste lá, tocaste e sentiste e soubeste representá-las tão bem (as nuvens), fico à espera dos próximos "passos"... ou "voos" como lhe quiseres chamar! Beijinhos

(Maria)Paula disse...

...e... qual o meu espanto logo de manhã, ao abrir a sala infantil, quando deparo com o céu dentro de 'casa':)Alarme geral: "venham ver! venham ver!", a colegas e frequentadores da bilioteca:)
Que isto de ter um céu assim na parede é um privilégio daqueles...:)
OBRIGADA Pintarriscos*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...