terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Viagem ao Centro de Mim

Técnica mista sobre MDF, por Paulo Galindro, em Julho de 2007

"Existe uma lenda acerca de um pássaro ferido que só canta uma vez na vida, com mais suavidade que qualquer outra criatura sobre a Terra. A partir do momento em que deixa o ninho, começa a procurar um espinheiro e só descansa quando o encontra. Depois, cantando entre os galhos selvagens, empala-se no acúleo mais agudo e mais comprido. E morrendo, sublima a sua própria agonia e solta um canto mais belo que o da cotovia e o do rouxinol. Um canto superlativo, cujo preço é a existência. Mas o mundo inteiro pára para ouvi-lo e Deus sorri no céu. Pois o melhor só se adquire à custa de um grande sofrimento... Pelo menos é assim que diz a lenda"
Pássaros feridos
Collen McCullough

Vou fazer uma viagem, um mergulho ao interior de mim mesmo,
e também a algumas da paisagens mais belas do nosso país.
Na minha solidão perder-me-ei em mim, e encontrar-me-ei
encontrarei alguma paz interior... algum ponto de referência no oceano turbulento em que há muitas vidas navego.
Na magia dos grandes espaços abertos fundir-me-ei com os elementos. Mesmo que por uns efémeros instantes, tornar-me-ei no vento, no sol e na chuva - que como dádivas divinas, me envolverão o corpo - serei o Deus da Areia e das Dunas, o Senhor das Ondas e das Marés.
E, com um pouco de sorte, encontrarei o meu Deus da Pequenas Coisas.
Levarei comigo muito pouco, apenas o essencial, porque para uma viagem destas temos de nos sentir muito leves. Levarei uma pequena tenda, um saco-cama, uma guitarra (sim, vou finalmente aprender os meus primeiros acordes), aguarelas, uma caneta, um Moleskine, a roupa essencial, a bicicleta, a minha Malibu 6.7" e meu fato de neoprene.
levarei também o livro acima referido, para me aquecer.
Durante esta peregrinação, por razões óbvias, não publicarei qualquer post neste blogue.

Por Paulo Galindro

2 comentários:

Simples Maria disse...

Como já tinha referido anteriormente...gosto imenso de ler o que escreves, das tuas palavras e principalmente das tuas obras...como tu sabes estou a atavessar uma faze muito dificil na minha vida...tu sabes dar o valor...também ando à procura de MIM e tenho muita dificuldade em encontrar-me mas penso que lá chegare..não hoje ..não amanhã..mas EU vou consegir..nunca baixei os braços e aliás como ti dizes eu sou como um "macho alpha"...não posso baixar os braços.
Hoje ao ler isto fiquei um pouco decepcionada...porque eu també quero FUGIR mas não posso!!!
Não por MIM..mas por dois pequenos seres que moram dentro de mim e que necessitam todos os dias de mim.....
Paulo, tu até podes dar a volta ao mundo..o teu corpo vai-te acompanhar, tu até te podes encontrar mas os teus filhos precisam de ti...hoje..amanhã..até talves nos proximos tempos não lhes possas dar a tua alma..mas eles eles precisam de te ver ..de te sentir presentes,..nemque seja por um instante..eu já não falo da tua esposa ou até mesmo dos teus faamiliares ou amigos mais proximos ...eles são auto-sufiientes...mas os pequenos precisam de ti!!!!!!
Pensa bem ...eu não sou ninguem para dar conselhos...alías até podes apagar já ou até mesmo não ler..mas como te disse andas num conflito contigo proprio...procura-te..encontra-te mas tem cuidado nessa busca...porque ao encontrares-te a ti podes sem saber estar a perder outros que te fazem muita falta....
Até amanhã..para mais uma jornada de trabalho....

Simples Maria disse...

Acho que nunca dei tantos erros seguidos..mas tu tens de me desculpar....é dos "drunfos"!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...