terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Sonhos

Não, não é o Complexo de Peter Pan. É apenas a noção do quanto a vida é finita, e de quanto o tempo que dispomos é escasso. Matematicamente, tenho 38 anos, mentalmente e fisicamente, sinto-me com menos uma década. E é verdade! Simplesmente adoro esta idade, nem mais nem menos do que todas as idades pelas quais passei.
A vida não é quantitativa, mas sim qualitativa. Não obstante este facto, posso afirmar que, em teoria e estatisticamente, estou sensivelmente a meio da minha vida. Tudo o que vier para além disso é lucro. Por isso, há cerca de 4 anos que prometi a mim mesmo cumprir todos os sonhos que fui coleccionando ao longo da minha existência. Alguns são irrealizáveis, mas não menos importantes. Outros são tão pequenos (mas não menos importantes!) que simplesmente seria um pecado não os cumprir. Alguns deles já os realizei, outros estão em vias de o ser: fazer surf (mesmo que sofrivelmente!), comprar uma guitarra (ainda vou aprender uns acordes!), fazer skate e patins em linha, escrever e ilustrar um livro (já lá vão dois, com promessas de mais no horizonte) são alguns dos eleitos. Pelo caminho ficou o passeio na superfície lunar e em órbita, assim como pilotar um jacto (ainda não desisti de nenhum deles!).

Hoje cumpri mais um… passear de bicicleta na areia da praia, e muito especialmente dentro de água. Partilhei este momento com o pequeno Miguel, o que tornou esta experiência ainda mais intensa.
Simples não é? Mas demorei 30 anos a fazê-lo!

Paulo Galindro

5 comentários:

Simples Maria disse...

Muitas vezes deixamos os nossos simples sonhos para trás em prol de algo ou alguém!!! E depois é tarde...já estou como tu os nossos sonhos vão-se como "a espuma dos dias".....

Vekiki disse...

Como te compreendo. Com mais cinco anos do que tu, ando atribuladamente a pensar nessa efemeridade do tempo que levamos a correr. Detenho-me a pensar no que também gostava de ver realizado. O surf também faz parte dos meus sonhos, mas acho que vai ficar para uma outra vida...será que ela existe? Quanto ao livro, é para ele que me treino no blogue. Todos os dias, de há um ano para cá. Porque quero mesmo deixá-lo escrito. Preciso :)

Pintarriscos disse...

Antes de mais que agradecer-te o teu comentário! É sempre bom sabermos que alguém nos lê. Quanto aos sonhos, acho mesmo que os devemos tentar cumprir, e temos tanto por onde pegar. Quando pensamos na palavra "Sonhos", ocorre-nos sempre uma visão hollywoodesca dos mesmos, com fogo de artifício e tudo de mais. E, no entanto, para além desses, que também são importantes, temos tantos "pequenos" sonhos que poderíamos facilmente cumprir, que até é um pecado mortal não o fazer.
Quanto ao surf, não deves mesmo deixar para a próxima vida. Ela existe com toda a certeza, mas infelizmente não te vais lembrar de nada, ou de quase nada. Portanto, porquê adiar. Se o fizeres já, garantes que numa próxima vinda tua cá podes mesmo vir a ser mehor que o Tiago Pires.

(Maria) Paula Cruz disse...

Curioso! com mais 10 anos em cima (dos 37), sinto-me ainda mais plena de sonhos do que com menos 10..! É que o Tempo vai passando sem nos dar tempo de espera; cada minuto é precioso e irrepetível. Assim sendo, o 'deixar para depois' pode unicamente ter sentido quando outros 'agoras' se sobrepõem naquela escala de urgência que toca o incontornável. De outra forma o 'depois' transmuta-se velozmente em ‘passado’ sem ter tido oportunidade de se ter tornado
’presente’, e aí é que são elas…! Ou seja, não há Tempo a perder!

Capítulos...Arte x Tempo disse...

Muito bom.. ler seus sonhos (nenhum menos importante) e como os realiza é motivador.
Naiane

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...